Slide Cabeçalho

Menu

15/03/2012

Camping Pé na Trilha - Bueno Brandão - MG

Olá nação barraqueira, como vão todos.

Pois é, ultimamente em nossas acampadas tem sido uma constante a indecisão e mudanças de planos de última hora, e no final de semana passado isso não foi diferente. Quando decidimos ir acampar só tínhamos a certeza de uma coisa, queríamos  muita paz e tranqüilidade. No primeiro momento decidimos ir ao Camping Raio de Sol em Brotas por causa dos relatos de nosso colega blogueiro o Edu (os barraqueiros), mas entrando em contato com o camping descobrimos que haveria uma competição de Montain Bike no fim de semana e então pensamos no Camping Saltão em Itirapina mas não ficamos confortável pois sabíamos que lá é um pouco agitado o que ia contra nossos objetivos para este fim de semana. De volta às pesquisas nos blogs dos amigos colocamos em pauta ir para Bueno Brandão para o camping pé na trilha, mas vejam só, quando ligamos para a Beth ela nos informou de um grupo de 25 pessoas que estariam indo para lá para um passeio de montain bike. Putz, isso é perseguição! Então como opção decidimos ir ao camping do sossego como foi postado aqui. 
Bueno Brandão - MG
Chegando lá não nos identificamos muito com o lugar e então fomos ai Pé na Trilha para ver como estavam as coisas lá. Por fim decidimos ficar lá mesmo com a possibilidade de chegar essa turma de ciclistas que no fim não vieram e ficamos com  camping só para nós. 

Depois das explicações vamos ao final de semana em si. Sem dúvidas não escondemos nossa preferência por camping rurais, onde a natureza é abundante e a simplicidade das coisas são os atrativos principais. Um bom gramado e muitas árvores entre montanhas morros e vales verdes com riachos e cachoeiras são tudo de bom. Dormir e acordar aos sons da natureza é muito mais prazeroso do que funk, forro, sertanejo, etc., nos  potentes sons dos porta malas dos carros alheios. 

Já na chegada ao camping Pé na Trilha um atrativo chamou a atenção das meninas e confesso que do crianção aqui também, uma cabritinha branquinha linda de nome "tá mimindo" (o nome foi dado pelas netas da Beth). Enquanto as crianças davam de mama pra ela nós (os caipiras da cidade grande), nos surpreendemos com o fato dela balançar o rabo como uma cachorro para demonstrar a felicidade sempre que chegávamos perto.




O camping fica em uma propriedade rural e disponibiliza duas áreas para montar barraca, uma natural em um belo gramado com um rancho aonde tem três banheiros e uma cozinha comunitária e outra área coberta também com banheiros. A Beth sugeriu que ficássemos na área coberta, pois a turma do ciclismo iria ficar na grama, mas para  eu acampar tem que ser na grama e sob as estrelas e não em baixo de um telhado em um piso de concreto. Então decidimos montar nosso acampamento na grama mesmo.

Área gramada, banheiros e cozinha.
Cozinha comunitária.
Galpão coberto.

Depois de nos divertirmos com a "tá mimindo", fomos descarregar o carro e montar nosso equipamento. Um detalhe que não desmerece o camping mas que causa um certo desconforto é que eles não permitem entrar do caro na área gramada então para levar o equipamento até o local escolhido eles disponibilizam uma simpática carriola.


Barraca montada e equipamento pronto hora de almoçar. Fomos ao centro da cidade e na praça da igreja matriz na rua de traz encontramos um restaurante chamado "O Cumpadi". Lá eles oferecem uma gostosa comidinha mineira em fogão à lenha. Fica a dica.




Barriga cheia decidimos visitar nossa primeira cachoeira. O tempo estava fechando e tínhamos que ser rápido para chegar antes que chovesse pois a cachoeira escolhida, Santa Rita,  ficava bem distante.
Cachoeira Sta. Rita
Na volta da cachoeira Laryssa e eu queríamos manter nosso vício e tomar um café quando encontramos um lugarzinho aconchegante chamado "Café com mistura" e nosso tradicional cafezinho se transformou em uma deliciosa bebida de café com sorvete.





Fim de tarde e a chuvinha já estava caindo, voltamos para o camping e fomos para nossa casa de campo. Mais a noite, depois que a chuva passou, fizemos nosso churrasquinho junto da companhia da Nicole e da Pâmela, as netas da Beth. O difícil foi fazer a Malu falar corretamente o nome das amigas, ela às chamavam de Unicórnio e Panela numa naturalidade...





No dia seguinte fomos conhecer mais dois locais com cachoeiras, o do Félix e sua famosa escada de pneus e as cachoeiras dentro do camping do sossego.

Cascata camping do sossego - Bueno Brandão


Cachoeira camping do sossego - Bueno Brandão

Pequena cascatinha na descida da cachoeira do Félix - Bueno Brandão
Cachoeira do Félix - Bueno Brandão
Cachoeira do Félix - Bueno Brandão

Escadas de pneus - Cachoeira do Félix

Como a previsão para o fim da tarde era de chuva, decidimos almoçar e desmontar o acampamento. Almoçamos no restaurante do Zelão. Esse restaurante pertence ao irmão da Beth e fica dentro da propriedade do camping, mas com acesso por fora. Também serve uma comidinha mineira no fogão a lenha e pizza no jantar.

Restaurante Zelão - Bueno Brandão

Restaurante Zelão - Bueno Brandão

Restaurante Zelão - Bueno Brandão
No balanço financeiro esse foi um passeio relativamente barato, a diária do camping foi de R$ 20,00 adulto,  as refeições custaram em média R$ 10,00 por pessoa e os passeios às cachoeiras de R$ 3,00 a R$ 5,00 por pessoa e a Malu não paga nada.

Para finalizar não posso deixar de registrar a excentricidade de um morador da cidade que esta construindo um castelo com uma entrada de pedra que parece a casa dos "filtstones" e o banheiro natural da Maria Luiza na estrada já de volta para casa.




Por hora é só pessoal, abraços a todos.

Ricardo & Família






10 comentários:

  1. Olá Ricardo,

    Que bacana, gostamos muito das fotos do camping...
    Gostei muito do local onde montaram a barraca, a grama pela foto ta muito bonita...
    Belas fotos....
    Sempre estamos acompanhando seus posts... somos do blog Camping Mais... estamos a pouco tempo na área mas já acompanhamos seus blog a muito tempo

    abraço

    Saudações Campista!!!

    Julio e Laura

    ResponderExcluir
  2. Olá Julio e Laura.

    Obrigado pela visita de vocês. O lugar é muito legal mesmo, vale a pena conhecer.

    Abraços.

    Ricardo & Família

    ResponderExcluir
  3. Olá Ricardo, acredito que acertaram na escolha, também chegamos a visitar o camping do sossego e escolhemos o da Bete, um lugar muito agradável em que nos sentimos confiantes em dormir e acordar com os pássaros. Durante nossas férias em novembro o Restaurante Zelão não estava funcionando uma pena já que parece bem agradável.

    ResponderExcluir
  4. Poderia me informa a estrada como é ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Doug como vai?

      Nós usamos a rodovia D. Pedro até Itatiba e entramos para Bragança Paulista. Depois fomos até Socorro e pegamos a estrada que vai ate Bueno Brandão. Todo o caminho foi de asfalto com boas condições, só perto de Bueno Brandão que haviam alguns pontos esburacados. A estrada de asfalto vai até uns 6 km antes de chegar na cidade, depois é só terra, mas dá pra encarar tranqüilo.

      Abraços.

      Ricardo & Família.

      Excluir
  5. Eu fico com inveja as vezes de ver esses relatos de camping muito bem estruturados e tão longe de BH... Vocês de SP são pessoas de sorte! rsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. BOA NOITE RICARDO E FAMÍLIA. BOM,É QUE VOU SAIR DE FÉRIAS A PARTIR DE 21-07, E GOSTARIA DE DICAS DE LOCAIS BACANAS EM SÃO PAULO E MINAS PARA ACAMPAR. SE PUDER ME MANDAR POR MSM NO (64) 99342484. DESDE JÁ AGRADEÇO.

    ResponderExcluir
  7. olá,eu também adoro acampar,sempre acampo com minha esposa e meu filho de 07 anos.
    eu estava acompanhando as novidades do blog e vi o comentário sobre o uso de frigobar,grill elétrico e etc.
    tenho uma solução legal para esse tipo de restrição nos campings,
    eu construí uma geladeira (12v/24v) movida à energia solar (módulo fotovoltaico) com capacidade para 100 lts,tenho testado ela nos últimos 04 anos e não tive nenhum problema técnico.
    gostaria de compartilhar com vocês,meu nome é marcello morais,meu email para contato é ecosolarmovel@gmail.com.
    caso se interesse em saber mais,estou à disposição.

    eu gostaria de me tornar um membro ativo do seu blog,me inscrever,como faço?

    um abraço.

    ResponderExcluir
  8. olá,eu também adoro acampar,sempre acampo com minha esposa e meu filho de 07 anos.
    eu estava acompanhando as novidades do blog e vi o comentário sobre o uso de frigobar,grill elétrico e etc.
    tenho uma solução legal para esse tipo de restrição nos campings,
    eu construí uma geladeira (12v/24v) movida à energia solar (módulo fotovoltaico) com capacidade para 100 lts,tenho testado ela nos últimos 04 anos e não tive nenhum problema técnico.
    meu nome é marcello morais,meu email para contato é ecosolarmovel@gmail.com.
    caso se interesse em saber mais,estou à disposição.

    um abraço.

    ResponderExcluir